Disciplina
Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Geografia
 
Disciplina: FLG0701 - Ensino de Geografia na Educação Básica

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 2
Tipo: Semestral

Objetivos
1. Examinar a situação atual da formação de professores de Geografia no Brasil, a importância do papel e do trabalho do professor no mundo contemporâneo e o sentido da aprendizagem de Geografia na Educação Básica.
2. Refletir acerca das vinculações essenciais entre a Geografia como conhecimento acadêmico e a Geografia como disciplina escolar.
3. Identificar e analisar as tendências contemporâneas das abordagens sobre aprendizagem.
4. Analisar a importância da escolha de conteúdos, metodologias, tecnologias e linguagens no ensino de Geografia na Educação Básica.
5. Analisar as temáticas envolvidas nas concepções de currículo e as dimensões política e cultural do ensino de Geografia.
6. Discutir propostas curriculares e o ensino de Geografia no Brasil.
 
Programa Resumido
Vinculações essenciais entre a Geografia como área de conhecimento acadêmico e a Geografia como disciplinar escolar: dilemas da formação de professores de Geografia. Perspectivas atuais das práticas curriculares do ensino de Geografia: linguagem e tecnologia. A perspectiva sócio-cultural e o ensino de Geografia. A aprendizagem mediada de Geografia. O valor do ensino de Geografia no currículo da Educação Básica.
 
Programa
1. Vinculações essenciais entre a Geografia como área de conhecimento acadêmico e a

Geografia como disciplina escolar.
2. Tendências e perspectivas atuais das práticas pedagógico-curriculares do ensino de Geografia: linguagem e tecnologia.
3. Aspectos vulneráveis das práticas de ensino de Geografia.
4. O ensino de Geografia e a perspectiva sócio-cultural.
5. A aprendizagem mediada de Geografia.
6. A importância da Geografia no currículo da Educação Básica.
 
Avaliação
 
      Método
      1. Aulas expositivas.
2. Oficinas Didáticas.
3. Seminários.
4. Leitura de textos.
5. Análise crítica e discussão sobre recursos didáticos em diferentes linguagens.
6. Participação em eventos acadêmicos.
 
      Critério
      1. Prova
2. Trabalhos individuais e em grupos.
3. Participação nas atividades.
 
      Norma de Recuperação
      Recuperação com realização de Prova e Trabalho Individual.
 
Bibliografia
ALMEIDA, Rosângela Doin, org. – “Cartografia Escolar” Editora Contexto, São Paulo, 2007.
BELTRAN, José Maria Martinez - "La mediación en el proceso de aprendizaje", Madri, Bruño, 1994.
BEYER, H. O. - “O Fazer Psico-Pedagógico. A abordagem de Reuven Feuerstein a partir de Piaget e Vygotsky”, Mediação Editora, Porto Alegre, 1996.
Da ROS, Silvia Zanatta - "Pedagogia e Mediação em Reuven Feuerstein", Plexus Editora, 2002.
GOMES, Cristiano Mauro Assis - "Feuerstein e a construção mediada do conhecimento", Artmed, Porto Alegre, RS, 2000.
HERNÁNDEZ, Fernando – “Cultura Visual, Mudança Educativa e Projeto de Trabalho”, Artemed Editora, Porto Alegre, 2000.
HOFFMANN, Jussara – “Avaliação mediadora uma prática em construção da pré-escola à universidade”, Mediação a editora do professor, Porto Alegre, RS, 2003.
KOZULIN, Alex - "Privação Cultural e Aprendizagem: Mediar Reafirmando Identidades", Palestra Publicada na WEB.
LÉVY, Pierre – “Educação e Cybercultura” publicado na WEB.
____________ - “Tecnologias Intelectuais e Modos de Conhecer: nós somos o texto” publicado na WEB.
MEIER, Marcos e GARCIA, Sandra – “Mediação da Aprendizagem - Contribuições de Vygotsky e Feuerstein”, Edição do Autor, Curitiba, 2007.
MEIR, Ben Hur - "PEI e Aprendizagem: Pontes e Transcendência”.- Publicado na WEB.
MORAES, Rita – "Direito à Inteligência", Entrevista de Reuven Feuerstein à revista ISTO É - 12/05/1999.
MORIN, Edgar – “A cabeça bem-feita: pensar a reforma, reformar o pensamento”, RJ., Bertrand Brasil, 2000.
NOGUEZ, S. - "El desarrollo potencial de aprendizaje. Entrevista a Reuven Feuerstein", Revista Electrónica de Investigación Educativa, 2002.
NÓVOA, Antonio – “Avaliações em Educação: Novas Perspectivas”, Porto Editora, Portugal, 2003.
PIAGET, JEAN - "Para onde vai a Educação", Forense, RJ, 1970.
SANTOS, Boaventura de Sousa – “Pela mão de Alice – O social e o político na pós-modernidade”, Cortez Editora, São Paulo, 2004.
SILVA, Janssen Felipe da e outros (org.) – “Práticas avaliativas e aprendizagens significativas em diferentes áreas do currículo”, Mediação a editora do professor, Porto Alegre, RS, 2003.
TORRES SANTOMÉ, Jurjo – “Globalização e Interdisciplinaridade: o currículo integrado”, Artes Médicas Sul, Porto Alegre, 1999/2000.
VYGOTSKY, L. S. - "Pensamento e Linguagem", Martins Fontes, SP, 1987.
BIBLIOGRAFIA GERAL
AB’SABER, A. N. (coord.). Educação e meio urbano in Geografia e Planejamento, 31, São Paulo: IG, 1978.
ALVES, G. A. TV e vídeo: uma possibilidade de discussão de região in BOLETIM PAULISTA DE GEOGRAFIA, 79, São Paulo: Associação dos Geógrafos Brasileiros, 2003. (especial sobre ensino).
ALVES, N. et allii. Educação e Supervisão: O trabalho coletivo na escola. SP. Cortez, 1988.
ANDERSON, J e VASCONCELLOS, R. Mapas para e por crianças: possíveis contribuições dos cartógrafos, Anais I Colóquio Cartografia para crianças, Rio Claro: LEMADI-DG-USP/ LEG-UNESP, 1995.
AQUINO, J. G. Indisciplina na escola, alternativas. Teorias e Práticas. SP. Summus Ed. 1996.
ARROYO, Leonardo - Literatura Infantil Brasileira. São Paulo, Melhoramentos, 1988.
BARATO, J. N. As demandas do saber técnico. In: BARATO, J. N. Escritos sobre tecnologia educacional & educação profissional. São Paulo: Ed. SENAC. São Paulo, 2002, p. 135-151.
BARRETO, E. S. S. (org.) Os currículos do ensino fundamental para as escolas brasileiras. Campinas, SP. Ed. Autores Associados/Fund. Carlos Chagas, 1998.
BETTELHEIM, Bruno. Psicanálise dos Contos de Fadas. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1978.
CAMARANO, Ana Amélia e BELTRÃO, Kaizô I. Distribuição Espacial da População Brasileira: mudanças na segunda metade deste século. Texto para discussão. Rio de Janeiro: IPEA, 2000.
CARLOS, A. F. A. (org.). A geografia em sala de aula, São Paulo: Contexto, 2001.
CHRISTOFOLETTI, Antonio. (Org.) Perspectivas da Geografia. São Paulo, Difel, 1983.
CONTI, José Bueno. A Geografia Física E As Relações Sociedade/Natureza No Mundo Tropical. São Paulo, Humanitas: FFLCH, 2002.
COSTA, E. E. M. O Surgimento da Formação de Jovens Rurais por Alternância: história de uma pedagogia associada ao meio rural - as Casas Familiares Rurais. In: Fernando Curi Peres.
GOES, Lúcia Pimentel. Introdução à Literatura Infantil e Juvenil. S. Paulo, Pioneira, 1984.
KUENZER, A. Z. Ensino Médio e Profissional: as políticas do estado neoliberal. São Paulo: Cortez, 1997.
LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1996.
MACHADO, Arlindo (coord.). Made in Brasil: três décadas do vídeo brasileiro. São Paulo: Itaú Cultural, 2003.
MONBEIG, P. Papel e valor do ensino de Geografia e de sua pesquisa. Boletim Carioca de Geografia, ano VII, números 1 e 2, Rio de Janeiro.
MUNARI, Bruno. "Fantasia, invenção, criatividade e imaginação". Lisboa, Editorial Presença.
OLIVEIRA, M. R. N. S. (org.) Confluências e divergências entre currículo e didática. Campinas, SP. Papirus, 1998.
PARRA, N. Técnicas audiovisuais em educação. São Paulo, Edibel, 1978.
PIAGET, Jean. A Formação do Símbolo na Criança. Rio, Zahar ed. 1978.
QUAINI, Massimo. A construção da Geografia Humana. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1983.
SANTOS, C. A cartografia temática no ensino de Geografia: a relevância da realidade relevo. Dissertação de mestrado, DG/FFLCH/USP, 2002.
SAVIANI, N. Saber escolar, currículo e didática = problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. Campinas, SP. Ed. Autores Associados, 1998.
SILVA. R. T. Das telas para a sala de aula: televisão e vídeo no ensino de história, dissertação de mestrado: FE/USP, 2002.
SIMIELLI, M. E. R. O mapa como meio de comunicação: implicações no ensino de geografia. Tese de doutoramento. Departamento de Geografia, FFLCH/USP, 1986.
SIMIELLI, M. E. R. O mapa como meio de comunicação: implicações no ensino de Geografia do 1ograu. Tese de doutorado, DG/FFLCH/USP, 1996.
TRICARD, J. e outros. Reflexões sobre a geografia, São Paulo: AGB, 1979.
TRUFFI, Y. H. e FRANCO, L. A. C. Multimeios aplicados à educação: uma leitura crítica. São Paulo: FTD, 1990.
VÁRIOS AUTORES. O ensino da Geografia em questão, e outros temas. São Paulo. Revista Terra Livre, nº 2, 1987 - AGB - Marco Zero.
VEIGA, I. P. A. (Org.) Técnicas de ensino: por que não? 13. Ed. Campinas: Papirus, 2002.
VEIGA, I. P. A. CARDOSO, M. H. F. Escola Fundamental, currículo e ensino. Campinas, SP. Papirus Ed., 1995.
VEIGA, José Eli Da. Desenvolvimento sustentável o desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Garamond, 2005.
VESENTINI, J.W. (org.) O livro didático para o 2º grau: algumas observações críticas. In: Anais do 5º Encontro Nacional de Geógrafos. Porto Alegre, 1982, Vol. I, pp. 199-209.
VLACH, Vânia R.F. A propósito do ensino da Geografia: em questão o nacionalismo patriótico. São Paulo, Departamento de Geografia da FFLCH/USP, tese de mestrado, 1988.
YUS, R. Temas transversais em busca de uma nova escola. Porto Alegre, Artmed, 1998.
ZILBERMAN, Regina (org.). A produção cultural para crianças. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1982.
ZILBERMAN, Regina (org.). Leitura em crise na escola. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1982.
 

Clique para consultar o oferecimento para FLG0701.

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP