Disciplina
Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto Oceanográfico
 
Oceanografia Biológica
 
Disciplina: IOB0130 - Ecologia e Poluição de Ecossistemas Estuárinos

Créditos Aula: 3
Créditos Trabalho: 1
Tipo: Semestral

Objetivos
Proporcionar uma visão sobre a flora e fauna dos diferentes ecossistemas estuarinos, a importância ecológica e econômica desses sistemas, suas vulnerabilidades e principais fontes de poluição
 
Docente(s) Responsável(eis)
Eduinetty Ceci Pereira Moreira de Sousa
 
Programa Resumido
Definição do ambeinte estuarino. Características da biota estuarina. Marismas: definição. Origem e distribuição. Flora e fauna
 
Programa
Definição do ambeinte estuarino. Características da biota estuarina. Marismas: definição. Origem e distribuição. Flora e fauna. Importância ecológica e econômica. Manguezal: definição, origem e distribuição. Fatores ambientais que condicionam o desenvolvimento. Flora, fauna e produtividade importância ecológica e econômica. Impactos sobre ecossistemas estuarinas. Monitoramento ambiental. Trabalho de Campo.
 
Avaliação
 
      Método
      Aulas teóricas e prática, trabalhos de campo, seminários
 
      Critério
      Provas escritas e seminários, participação em aula, auto-avaliação
 
      Norma de Recuperação
      Prova escrita.
 
Bibliografia
Schaeffer-Novelli, Y. 1995. Manguezal. Ecossistema entre a terra e o mar. Caribean Ecological Research, 64p.
Suman, D.O. 1994. El ecossistemas manglar en America Latina y la Cuenca del Caribe: seu manejo y conservacion. Rosenstiel School of Marine and Atmospheric Science 263p.
Baker, J.M. & Wolff, W. J. 1987. Biological surveys of estuaries and coasts. Cambridge University Press.449p.
Bishop, P.L. 1983 Marine polution and its control. Mc.Grow Hill, Inc, 357p.
Hamblin, L. 1973. Poluição. A crise mundial. Comp. Ed. Americana. 149p.
Ketchum, B. 1983. Ecosystems of the word. 26. Estuaries and enclosed seas. 500p.
Knox, G.A. 1986. Estuarine ecosystems: A systems approach. Vol. I e II.
Mouder, D.S. & Williamson, P. 1985. Estuarine and coastal polution: Detection, research, and control. Pergamon Press. N.Y. 364pp.
Mclusky, D. 1989. The estuarine ecosystem. 215p.
Tommasi, L.R. 1979. Considerações ecológicas sobre o sistema estuarino de Santos (SP). Tese de Livre Docência. IO-USP. Vol. 1 e 2. 489p.
Baker, I.M. & Wolff, W.J. 1987. Biological surveys estuaries and coasts. Cambridge Un. Press.44p.
Day, J.W. Jr., Hall, C.A.S., Kemp, W.M. & Yánez - Aracíbia, A. 1989. Estuarine Ecolog. New York.558pp.
Kennish, M.J. 1991. Ecology of estuaries: Anthropogenic effects.494.
Hamilton, L.S. & Snedaker, S.C. (eds) 1984. Handbook for mangrove area management. EPI/EAST-WEST Centre, IUCN, UNEP. 123p.
Schaeffer-Novelli, Y & Cintron, G. 1986. Guia para estudo de áreas de manguezal; estrutura, função e flora. São Paulo. Caribbean Ecological Research. 150p. + 3 apêndices.
Snedaker, S.C. & Getter, C.D. 1985. Coastal resources management guidelines Renewable resources management guidelines. Renewable Resources Information Series, Coastal Mangement Publication no 2, Research Planning Institute Inc., Columbia, South Carolina, 205p.
Tomlinson, P.B. 1986.The botany of mangroves. Melbourne, Cambridge University Press.413p.


 

Clique para consultar o oferecimento para IOB0130.

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP