Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0018 - Comércio Internacional e Desenvolvimento Econômico
International Trade and Economic Development

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2010 Desativação: 31/12/2017

Objetivos
A disciplina tem como principal objetivo discutir a relação entre comércio internacional e desenvolvimento econômico. A partir de proposições de modelos teóricos, serão discutidas as aplicações de políticas comerciais ativas e seus efeitos sobre o padrão de comércio, crescimento econômico, desigualdade, pobreza e desenvolvimento tecnológico.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
598407 - Adriana Schor
 
Programa Resumido
Para discutir a relação entre comércio internacional e desenvolvimento econômico serão inicialmente revistas as principais proposições teóricas dos modelos de comércio internacional. A partir destes resultados teóricos serão discutidos os efeitos da aplicação de políticas comerciais ativas sobre o desenvolvimento econômico através de temas específicos. Os temas são: como definir proteção comercial na prática; quais são os padrões observados do comércio de países desenvolvidos e de países em desenvolvimento; política comercial e seus efeitos sobre o crescimento econômico, desigualdade e pobreza; investimento direto estrangeiro e multinacionais; papel dos blocos comerciais na expansão do comércio internacional.
 
 
 
Programa
1. Modelos tradicionais de comércio internacional (Heckscher-Ohlin)
2. Modelos da “nova teoria do comércio internacional”
3. Proteção comercial: fonte de dados e análise
4. Padrão de comércio: países desenvolvidos e em desenvolvimento
4. Impacto do comércio sobre o crescimento econômico
5. Comércio, pobreza e desigualdade
6. Investimento estrangeiro e multinacionais: transferência de tecnologia
7. OMC, acordos comerciais e expansão do comércio internacional
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação se dará por uma prova escrita (40% da nota final), uma apresentação em grupo (30%) e um trabalho escrito (30%).
Critério
De acordo com o artigo 81 do Regimento Geral da USP.
Norma de Recuperação
De acordo com o Regimento Geral da USP.
 
Bibliografia
     
Bonelli, R. (1992) “Growth and Productivity in Brazilian Industries: Impacts of Trade Orientation”. Journal of Development Economics 39, 85-109.
Bonelli, R. (1994) “Productividad, Crescimiento y Exportaciones Industriales de Brasil”. Revista de la Cepal 52, 71-89.
Corden, W. M. (1997) Trade Policy and Economic Welfare. 2nd Edition, Oxford, Clarendon Press.
Edwards, S. (1993) “Openess, Trade Liberalization, and Growth in Developing Countries”. Journal of Economic Literature XXXI, 1358-1393.
Ferreira, P.C. (2000) “Monopoly Power, Trade Protection and Growth: Cross Industry Evidence”. Ensaios Econômicos da EPGE 381, Fundação Getúlio Vargas.
Gandolfo, G. (1998) International Trade Theory and Policy. Springer-Verlag, Berlim, Heidelberg.
Grossman, G.M. e E. Helpman (1991) Innovation and Growth in the Global Economy. MIT Press, Cambridge, Mass.
Krugman, P. e M. Obstfeld (2001) Economia Internacional – Teoria e Prática. Pearson Education do Brasil. São Paulo.
Kume, H., G. Piani e C.F.B. de Souza (2000) “A Política Brasileira de Importação no Período 1987-98: Descrição e Avaliação”. Texto Mimeografado, Ipea.
Lisboa, M.B., N.A. Menezes Filho e A. Schor (2002) “Os Efeitos da Liberalização Comercial sobre a Produtividade: Competição ou Tecnologia?”. Artigo apresentado no XXIV Encontro Brasileiro de Econometria. Nova Friburgo, R.J.
Rodríguez, F. e D. Rodrik (1999) “Trade Policy and Economic Growth: A Skeptic’s Guide to the Cross-National Evidence”. Working Paper 7081, NBER.
Rodrik, D. (1988) “Closing the Productivity Gap: Does Trade Liberalization Really Help?”. Working Paper 2654, NBER. Publicado também em Helleiner, G. (ed.) (1991) Trade Policy, Industrialization and Development. Clarendon Press, Oxford.
Rodrik, D. (1995) “Getting Intervention Right: How South Korea and Taiwan Grew Rich”. Economic Policy, 20, 53-107.
Rossi Jr., J.L. e P.C. Ferreira (1999) “Evolução da Produtividade Industrial Brasileira e Abertura Comercial”. Texto para Discussão 651, Ipea.
Sachs, J. e A. Warner (1995) “Economic Reform and the Process of Global Integration”. Brookings Papers on Economic Activity 1, 1-118.
Wood, A. (1997) “Openness and Wage Inequality in Developing Countries: The Latin American Challenge to East Asian Conventional Wisdom”. The World Bank Economic Review, 11(1), 33-57.
Yeats, A. J. “Does Mercosur’s Trade Performance Raise Concerns about the Effects of Regional Trade Agreements?” The World Bank Economic Review, 12(1), 1-28.
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0018

Clique para consultar o oferecimento para BRI0018

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP