Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Instituto de Relações Internacionais
 
Bacharelado em Relações Internacionais
 
Disciplina: BRI0023 - Economia Internacional I: Teoria e Política do Comércio Internacional
International Economics 1: International Trade Theory and Policy

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2015 Desativação:

Objetivos
A disciplina visa apresentar aos alunos do curso de Relações Internacionais os principais conceitos e modelos básicos de comércio internacional. A primeira parte do curso será dedicada ao estudo da teoria do comércio internacional que busca responder as questões como (i) por que os países comercializam entre si? (ii) o que explica o fato de alguns países exportarem calçados enquanto outros exportam computadores? (iii) as exportações de soja podem ser explicadas do mesmo modo que as exportações de aviões? e (iv) quem ganha e quem perde com o comércio internacional? A segunda parte do curso tem como objetivo apresentar as mais relevantes discussões teóricas da
política comercial como (i) em que situação um país ganha ao proteger seus produtores da concorrência internacional? (ii) quais os custos e benefícios do uso de instrumentos de política comercial? e (iii) quais são os argumentos a favor e contra o livre comércio?
Também tem como objetivo discutir temas e eventos recentes relacionados à implementação de políticas comerciais pelos diversos países, em especial os países em desenvolvimento.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
598407 - Adriana Schor
 
Programa Resumido
A primeira parte do curso será dedicada ao estudo da teoria do comércio internacional que busca responder as questões como (i) por que os países comercializam entre si? (ii) o que explica o fato de alguns países exportarem calçados enquanto outros exportam computadores? (iii) as exportações de soja podem ser explicadas do mesmo modo que as exportações de aviões? e (iv) quem ganha e quem perde com o comércio internacional? A segunda parte do curso tem como objetivo apresentar as mais relevantes discussões teóricas da política comercial como (i) em que situação um país ganha ao proteger seus produtores da concorrência internacional? (ii) quais os custos e benefícios do uso de instrumentos de política comercial? e (iii) quais são os argumentos a favor e contra o livre comércio? Também tem como objetivo discutir temas e eventos recentes relacionados à implementação de políticas comerciais pelos diversos países, em especial os países em desenvolvimento.
 
 
 
Programa
PARTE I: TEORIA DO COMÉRCIO INTERNACIONAL
1) Ricardo e o conceito de vantagem comparativa
2) Fatores específicos e distribuição de renda
3) Modelo de Heckscher-Ohlin
4) Novos modelos de comércio: economias de escala e concorrência imperfeita

PARTE II: POLÍTICA COMERCIAL
5) Instrumentos de política comercial
6) Economia política da política comercial
7) A política comercial de países em desenvolvimento
8) Globalização e a Organização Mundial do Comércio
 
 
 
Avaliação
     
Método
A avaliação se dará por três provas escritas (cada uma com peso de 25% na nota final) e
outras atividades programadas (25% da nota final).
Critério
Conforme artigos 81 a 84 do Regimento Geral da USP, as notas variarão de zero a dez e para ser aprovado o aluno deverá obter nota final igual ou superior a cinco e ter, no mínimo, setenta por cento de frequência na disciplina.
Norma de Recuperação
Poderão participar da recuperação os alunos que alcançarem média final mínima 3,0 e frequência mínima de 70%, em conformidade com a Resolução CoG nº 3583.
 
Bibliografia
     
Chang, Ha-Joon. Why developing countries need tariffs: how WTO NAMA negotiations could deny developing countries’ right to a future. South Centre-Oxfam, 2005.
Deardorff, Alan V. e Robert M. Stern. “What you should know about globalization and the WTO”. The University of Michigan, 2000.
Ferreira, Pedro Cavalcanti. “Grupos de interesse, determinantes da política industrial e produtividade industrial”. EPGE/Fundação Getúlio Vargas.
Krugman, Paul e Maurice Obstfeld. Economia Internacional: Teoria e Política. 6ª Edição. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2005.
Kume, Honório, Guida Piani e Carlos de Souza. “A política brasileira de importação no período 1987-98: descrição e avaliação.” In Corseuil, C.H. e H. Kume (eds) A abertura comercial brasileira nos anos 1990: impactos sobre emprego e salário. Rio de Janeiro: Ipea, 2003.
Mayda, Anna Maria e Dani Rodrik. “Why are some people (and countries) more protectionist that others?” NBER Working Paper 8461, 2001.
Milner, Chris. “Discovering the truth about protection rackets”. The World Economy, 19, 1996.
Rodrik, Dani. “Getting interventions right: how South Korea and Taiwan grew rich”. Economic Policy, 20, 1995.
 

Clique para consultar os requisitos para BRI0023

Clique para consultar o oferecimento para BRI0023

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP