Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0315 - Estrutura Social e Etnologia Sul Americana: Balanço Crítico e Novas Abordagens
Social Structure and South American Ethnology: Critical review and new approaches

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
A reflexão sobre as formas não-européias de vida social se constituiu a partir do di-álogo entre os modelos analíticos e as paisagens etnográficas da África, Oceania, Índia e América do Norte. Até muito recentemente, a América do Sul esteve à mar-gem deste movimento sistemático. Os últimos trinta anos assistiram, no entanto, a uma mudança significativa neste quadro, com o avanço quantitativo e qualitativo das pesquisas em sociedades da Amazônia e do Brasil Central e a consolidação do ame-ricanismo tropical como sub-especialidade da Etnologia. Essa consolidação tem cor-respondido à formulação de uma problemática própria, tributária do acúmulo de pesquisas de campo intensivas, desenvolvidas em contato permanente com os hori-zontes teóricos de nossa disciplina, que se manifesta nos esforços recentes de gene-ralizações teóricas, de classificações tipológicas mais sofisticadas e de sínteses com-parativas das sociedades do continente. Este curso tem por objetivo focalizar a soci-abilidade ameríndia do ponto de vista de suas classificações sócio-cosmológicas, políticas, institucionais e pessoais.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2535081 - Marcio Ferreira da Silva
 
Programa Resumido
 
 
 
Programa
 
 
 
Avaliação
     
Método
Seminário e prova.
Critério
A avaliação do curso terá por base um trabalho final e um seminário.
Norma de Recuperação
Prova
 
Bibliografia
     
Cardoso de Oliveira, R. 1983. Enigmas e Soluções: Exercícios de Etnologia e de Crítica. Tem-po Brasileiro. Caps. 3 e 5
Carneiro da Cunha, M. & Viveiros de Castro, E. 1985 “Vingança e Temporalidade: Os Tupinambá”. Journal de la Société des Américanistes, 71: 129-208.
Carneiro da Cunha, Manuela. “De amigos formais e pessoas; de companheiros, espelhos e identida-des”. In: Carneiro da Cunha, M. 1986. Antropologia do Brasil: mito, história, etnicidade
Chernela, J.1983. “Estrutura Social do Uaupés”. In: Anuário Antropológico 81. Tempo Brasileiro.
Crocker, J.C. “Reciprocidade e Hierarquia entre os Bororo Orientais”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
__________. “Las reflexiones del sí”. In: Lévi-Strauss, C. Org. 1977. La Identidad . Ediciones Petrel
Dal Poz, João. 1993. “Homens, animais e inimigos: Simetrias entre mito e rito nos Cinta-Larga”. Revista de Antropologia, vol. 36: 177-206
DaMatta, R. “Uma reconsideração da morfologia social Apinayé”. In: Schaden, E. Org. 1976. Lei-turas de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
Dumont, L. 1971. Introduction à deux théories d’anthropologie sociale. Éditions de l’École dede Hautes Études en Sciences Sociales (ed. espanh. 1975 Anagrama).
Fausto, Carlos. “De primos e sobrinhas: terminologia e aliança entre os Parakanã (tupi) do Para”. In: Viveiros de Castro, E. Org. 1995. Antropologia do Parentesco: Estudos Amerín-dios. Editora UFRJ.
Howard, Catherine. “Pawana: a farsa dos visitantes entre os Waiwai da Amazônia”. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. EDUSP/NHII
Lévi-Strauss, C. 1976. As Estruturas Elementares do Parentesco. Vozes. Cap. IV
Lima, Tania S. 1996. “O dois e seu múltiplo: reflexões sobre o perspectivismo em uma cosmologia tupi”. In: Mana, vol 2, n? 2. PPGAS, MN, UFRJ
Melatti, Julio C. “Nominadores e Genitores: um aspecto do dualismo krahó”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
____________. “Estrutura social marubo: um sistema australiano na Amazônia. Anuário Antro-pológico, 76.
Saake, Guilherme. “O mito do Jurupari entre os Baniwa do rio Içana”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
______________. “Uma narração mítica dos Baniwa”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
Seeger, Anthony; Da Matta, Roberto e Viveiros de Castro, E. 1979. “A Construção da Pessoa nas Sociedades Indígenas Brasileiras.” In: Boletim do Museu Nacional. Antropologia n. 32.
Silva, Marcio. “Masculino e Feminino entre os os Enawene-Nawe”. Sexta-Feira: Antropologia, Artes e Humanidades. Ano 2, Vol. 2. 1998
___________. “Ritual e economia: processos de sociabilidade enawene-nawe”. 1997. dat.
_________. “Sistemas Dravidianos na Amazônia: o caso waimiri-atroari”. In: Viveiros de Castro, E. Org. 1995. Antropologia do Parentesco: Estudos Ameríndios. Editora UFRJ.
Valladão, Virginia. Vídeo Yãkwa: o banquete dos Espíritos. Prod. CTI, 1995
Vilaça, Aparecida. “O Canibalismo Funerário Pakaa-Nova: uma nova etnografia”. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. EDUSP/NHII.
Viveiros de Castro, E.B . 1996. “Os Pronomes Cosmológicos e o Perspectivismo Ameríndio”. In: Mana, vol 2, n? 2. PPGAS, MN, UFRJ
___________________. “Sociedades Minimalistas: a propósito de um livro de Peter Rivière”. In: Anuário Antropológico 85. Tempo Brasileiro.
___________________. 1985. “Os Deuses Canibais”. In: Revista de Antropologia, Vols 27/28. USP/FFLCH/DCS.
___________________. 1993 Alguns aspectos da afinidade no dravidianato amazônico. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. E-DUSP/NHII


Cronograma das leituras

1a. aula: Descendência e Aliança
Dumont, L. 1971. Introduction à deux théories d’anthropologie sociale. Éditions de l’École dede Hautes Études en Sciences Sociales (ed. espanh. 1975 Anagrama).

2a. aula: As terras baixas - uma apresentação
Seeger, Anthony; Da Matta, Roberto e Viveiros de Castro, E. 1979. “A Construção da Pessoa nas Sociedades Indígenas Brasileiras.” In: Boletim do Museu Nacional. Antropologia n. 32.

3a. aula: O Brasil Central I
Lévi-Strauss, C. 1976. As Estruturas Elementares do Parentesco. Vozes. Cap. IV
DaMatta, R. “Uma reconsideração da morfologia social Apinayé”. In: Schaden, E. Org. 1976. Lei-turas de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.

4a. aula: O Brasil Central II
Melatti, Julio C. “Nominadores e Genitores: um aspecto do dualismo krahó”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
Carneiro da Cunha, Manuela. “De amigos formais e pessoas; de companheiros, espelhos e identida-des”. In: Carneiro da Cunha, M. 1986. Antropologia do Brasil: mito, história, etnicidade

5a. aula: O Brasil Central III
Crocker, J.C. “Reciprocidade e Hierarquia entre os Bororo Orientais”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Companhia Editora Nacional.
__________. “Las reflexiones del sí”. In: Lévi-Strauss, C. Org. 1977. La Identidad . Ediciones Petrel

6a. aula: Amazônia Ocidental
Cardoso de Oliveira, R. 1983. Enigmas e Soluções: Exercícios de Etnologia e de Crítica. Tem-po Brasileiro. Caps. 3 e 5
Melatti, Julio C. “Estrutura social marubo: um sistema australiano na Amazônia. Anuário Antro-pológico, 76.

7a. aula: Noroeste Amazônico
Saake, Guilherme. “O mito do Jurupari entre os Baniwa do rio Içana” e “Uma narração mítica dos Baniwa”. In: Schaden, E. Org. 1976. Leituras de Etnologia Brasileira. São Paulo, Com-panhia Editora Nacional.
Chernela, J.1983. “Estrutura Social do Uaupés”. In: Anuário Antropológico 81. Tempo Brasileiro.

8a. aula: O Norte Amazônico
Viveiros de Castro, E.B. “Sociedades Minimalistas: a propósito de um livro de Peter Rivière”. In: Anuário Antropológico 85. Tempo Brasileiro.

9a. aula: Amazônia: Norte/Sul I
Howard, Catherine. “Pawana: a farsa dos visitantes entre os Waiwai da Amazônia”. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. EDUSP/NHII
Dal Poz, João. 1993. “Homens, animais e inimigos: Simetrias entre mito e rito nos Cinta-Larga”. Revista de Antropologia, vol. 36: 177-206

11a. aula: Amazônia: Norte/Sul II
Silva, Marcio. “Sistemas Dravidianos na Amazônia: o caso waimiri-atroari”. In: Viveiros de Castro, E. Org. 1995. Antropologia do Parentesco: Estudos Ameríndios. Editora UFRJ.
Fausto, Carlos. “De primos e sobrinhas: terminologia e aliança entre os Parakanã (tupi) do Para”. In: Viveiros de Castro, E. Org. 1995. Antropologia do Parentesco: Estudos Amerín-dios. Editora UFRJ.

10a. aula: Amazônia Oriental, Ocidental e os Tupi da Costa
Viveiros de Castro, E.B. 1985. “Os Deuses Canibais”. In: Revista de Antropologia, Vols 27/28. USP/FFLCH/DCS.
Vilaça, Aparecida. “O Canibalismo Funerário Pakaa-Nova: uma nova etnografia”. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. EDUSP/NHII.

Carneiro da Cunha, M. & Viveiros de Castro, E. 1985 “Vingança e Temporalidade: Os Tupinambá”. Journal de la Société des Américanistes, 71: 129-208.

12a. aula: A “Afinidade” na América do Sul
Viveiros de Castro, E.B. 1993 Alguns aspectos da afinidade no dravidianato amazônico. In: Viveiros de Castro, E. & Carneiro da Cunha, M. (orgs.) Amazônia: etnologia e história indígena. EDUSP/NHII

13a. aula: Sociedade e Natureza na América do Sul: análise de um caso (1/2)
Silva, Marcio. “Masculino e Feminino entre os os Enawene-Nawe”. Sexta-Feira: Antropologia, Artes e Humanidades. Ano 2, Vol. 2. 1998
Valladão, Virginia. Vídeo Yãkwa: o banquete dos Espíritos. Prod. CTI, 1995

14a. aula: Sociedade e Natureza na América do Sul: análise de um caso (2/2)
Silva, Marcio. “Ritual e economia: processos de sociabilidade enawene-nawe”. 1997. dat.

15a. aula: O Perspectivismo
Viveiros de Castro, E.B . 1996. “Os Pronomes Cosmológicos e o Perspectivismo Ameríndio”. In: Mana, vol 2, n? 2. PPGAS, MN, UFRJ
Lima, Tania S. 1996. “O dois e seu múltiplo: reflexões sobre o perspectivismo em ums cosmologia tupi”. In: Mana, vol 2, n? 2. PPGAS, MN, UFRJ
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0315

Clique para consultar o oferecimento para FLA0315

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP