Informações da Disciplina

 Preparar para impressão 
Júpiter - Sistema de Graduação

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
 
Antropologia
 
Disciplina: FLA0372 - Tópicos de Antropologia das Formas Expressivas
Topics in Anthropology of expressive forms

Créditos Aula: 4
Créditos Trabalho: 0
Carga Horária Total: 60 h
Tipo: Semestral
Ativação: 01/01/2011 Desativação:

Objetivos
Discutir as possibilidades analíticas da Antropologia das Formas Expressivas, no campo das Artes, Teatro, Cinema e Fotografia.
 
 
 
Docente(s) Responsável(eis)
2091991 - Fernanda Arêas Peixoto
65740 - John Cowart Dawsey
1939750 - Rose Satiko Gitirana Hikiji
2083459 - Sylvia Maria Caiuby Novaes
 
Programa Resumido
I) 1. Perspectivas antropológicas sobre a arte;?2. Arte e memória?3. Artes em exibição: museus e coleções;?4. Estética, corpo e rito;?5. Linguagens, práticas, objetos. II) 1. Pontos de contato entre pensamento antropológico e teatral; 2. O teatro na antropologia; 3. A antropologia no teatro; 4. Corpo e máscara; 5. Performance e teatro da vida cotidiana; 6. Performance e metateatro da vida cotidiana; 7. Interpretação de dramas e dramas da interpretação; 8. Desafios brecht-benjaminianos aos paradigmas do teatro dramático; 9. O teatro pós-dramático na antropologia. III) 1. Antropologia Visual; 2) As peculiaridades da imagem fotográfica; 3) Abordagens antropológicas da fotografia; 4) Narrativas e formas de linguagem na Antropologia; 5) Análise do uso de fotografias por antropólogos. IV) 1) Antropologia Visual; 2) Antropologia e Cinema; 3) O Filme Etnográfico.
 
 
 
Programa
O curso tem como objetivo introduzir os alunos às diferentes formas expressivas de que a Antropologia se apropria e os diferentes campos expressivos de que se aproxima para produzir conhecimento de uma perspectiva antropológica. Artes visuais, literatura, teatro, cinema e fotografia serão pensados como objeto e meio de transmissão de conhecimento antropológico. A cada oferecimento da disciplina poderá ser abordada uma das temáticas: I) Arte e Antropologia; II) Antropologia e Teatro; III) Antropologia e Fotografia; IV) Antropologia e Cinema.
 
 
 
Avaliação
     
Método
Aulas expositivas, seminários, exibição e discussão de filmes, fotografias, obras de arte e textos dramatúrgicos.
Critério
Prova com questões dissertativas e trabalho final.
Norma de Recuperação
Prova dissertativa e/ou trabalho e/ou prova oral.
 
Bibliografia
     
I) ARTE E ANTROPOLOGIA
1. Perspectivas antropológicas sobre a arte;?
2. Arte e memória?
3. Artes em exibição: museus e coleções;?
4. Estética, corpo e rito;?
5. Linguagens, práticas, objetos
BIBLIOGRAFIA
ARGAN, G C. História da arte como história da cidade, São Paulo, Martins Fontes, 1983
BASTIDE, R. Arte e sociedade, São Paulo, Editora Nacional/ EDUSP, 1971, 2a edição
BAXANDALL, M. Patterns of intention. On th historical explanation of pictures, Yale University Press, 1985.
BECKER, H. Art worlds, Berkeley, University of California Press, 1990
BOAS, F. Primitive Art, New York, Dover Publications, Inc.,1955
BOURDIEU, P. As regras da arte, gênese e estrutura do campo literário, São Paulo, Cia. das Letras, 1996
BOURDIEU, P. & DRABEL, A. L'amour de l'art - les musées d'art européens et leur public, Paris, éditions de Minuit, 1969
CLARK, E. J. The painting of modern life - Paris in the art of Manet and his followers, Princeton University Press, 1984
COOTE, J. & SHELTON, A. (eds). Anthropology, art and aesthetics, Oxford, Clarendon Press, 1992
DIDI-HUBERMAN, G. L’image survivante, histoire de l’art et temps de fântomes selon Aby Warburg, Paris, Minuit, 2002.
DUFRENE, T. & TAYLOR, A.C. (eds). Canibalismes disciplinaires. Quand l’histoire de l’art et l’anthropologie se rencontrent. Paris, INHA/Musée du Quay Branly, 2007.
FIRTH, R. Art and life in New Guinea, London, Studio, 1936
GEERTZ, C. "Art as a cultural system" In:_ Local Knowkledge, New York, Basic Books, Inc., 1983
GELL, A. Art and agency: an anthropological theory, Oxford, Claredon Press, 1998
GINZBURG, C. "De A. Warburg a E.H. Gombrich: notas sobre um problema de método" In; Mitos, emblemas, sinais (morfologia e história), São Paulo, Cia. das Letras, 1989
GINZBURG, C. Indagações sobre Piero, Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1989
GONçALVES, José R (org). A experiência etnográfica. Antropologia e literatura no século XX, Editora da UFRJ, 1998
KARP, I. & LAVINE, S.D. Exhbiting cultures - the poetics and politcs of museum display, Washungton/ London, Smithsonian, 1991
KROEBER, A. "On the principle of order in civilization as exemplified by changes of fashion", American Anthropologist 21, 1919
KROEBER, A. "Three centuries of women's dress fashions: a quantitative analysis", Anthropological Records, vol. 5, n. 2, 1940
HASKELL, F. Patrons and painters. New Haven/ London, Yale University Press, 1980
HOLLIER, D (ed).Le Collège de sociologie, Paris, Gallimard, 1979. (pp. 21- 104)
INGOLD, T. "Aesthetics is a cross-cultural category", Key Debates in Anthropology, London/ New York, Routledge, 1996
LAYTON, R. The anthropology of art, London, Granada, 1981 (Lisboa, Edições 70, 2001)
LEIRIS, M. O espelho da tauromaquia, São Paulo, Cosac & Naify, 2001
LEIRIS, M. Africa Fantasma, São Paulo, Cosac & Naif, 2008
L’ESTOILE, B. Le goût des autres. De l’Exposition coloniale aux arts premiers, Paris, Champs, 2010
LEVI-STRAUSS, C. La voie des masques, Paris, Skira, 1975
LEVI-STRAUSS, C. Régarder, écouter, lire, Paris, Plon, 1993
L’HOMME, n. 165, janvier/ mars 2003.
MANGANARO, Marc (ed). Modernist Anthropology. Princeton University Press, 1990
MARCUS, George & MYERS, Fred (ed). The traffic in Culture. Refiguring art and anthropology, Berkeley, University of California Press, 1995
MICHAUD, PH. –A. Aby Warburg et l’image en mouvement, Paris, Macula, 1998
PRICE, Sally. Arte primitiva em lugares civilizados, Rio de Janeiro, Editora UFRJ, 2000
SEVERI, C. 2007. Le principe de la chimère. Paris, Musée du quai Branly, 2007
VELHO, G. (org). Sociologia da Arte, I e II. Rio de Janeiro, Zahar Editores, 1966 e 1967
YATES, F. The art of memory, London, Faber, 1966.
WARBURG, A. Le rituel du serpent. Art et Anthropologie, Paris, Macula, 2003.

II. ANTROPOLOGIA E TEATRO
1. Pontos de contato entre pensamento antropológico e teatral;
2. O teatro na antropologia;
3. A antropologia no teatro;
4. Corpo e máscara;
5. Performance e teatro da vida cotidiana;
6. Performance e metateatro da vida cotidiana;
7. Interpretação de dramas e dramas da interpretação;
8. Desafios brecht-benjaminianos aos paradigmas do teatro dramático;
9. O teatro pós-dramático na antropologia.
BIBLIOGRAFIA
ARTAUD, Antonin. O teatro e o seu duplo. São Paulo: Max Limonad, 1987.
BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento. São Paulo e Brasília, EdUnb/Hucitec, 1993.
BALANDIER, Georges. O poder em cena. Brasília: EdUnB, 1982.
BARBA, Eugenio. Além das ilhas flutuantes. São Paulo: Hucitec, 1991.
BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso: ensaios críticos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.
BARTHES, Roland. O rumor da língua. Lisboa: Edições 70, 1984.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas I: magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1985.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas II: rua de mão única. São Paulo: Brasiliense, 1993.
BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas III: Charles Baudelaire – um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1995.
BENJAMIN, Walter. Que é teatro épico? um estudo sobre Brecht. In: BENJAMIN, W. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1985, 78-90.
BENJAMIN, Walter. Walter Benjamin. Org. F. R. Kothe. São Paulo: Ática, 1985.
BENJAMIN, Walter. Passagens. Org. Willi Bolle. Belo Horizonte/ São Paulo: Editora UFMG/ Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.
BLACKING, John. Towards an anthropology of the body. In: BLACKING, J. (org.). The anthropology of the body. London, New York and San Francisco: Academic Press, 1977, 1-28.
BRECHT, Bertolt. Teatro completo. 12 volumes. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991-1995.
BRECHT, Bertolt. Estudos sobre o teatro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.
BRUNER, Edward; e TURNER, Victor (orgs.). The anthropology of experience. Chicago: University of Illinois Press, 1986.
CLASSEN, Constance. Worlds of sense. London and New York: Routledge, 1993.
DAWSEY, John. De que riem os “boias-frias”? Walter Benjamin e o teatro épico de Brecht em carrocerias de caminhões. Tese de livre-docência. PPGAS/FFLCH. Universidade de São Paulo, 1999.
DAWSEY, John. Victor Turner e antropologia da experiência. Cadernos de Campo ano 14 (13), 2005, p. 163-176.
DAWSEY, John. O teatro dos “boias-frias”: repensando a antropologia da performance. Revista Horizontes Antropológicos 11 (24), 2005, p. 15-34.
DAWSEY, John. 2006. O teatro em Aparecida: a santa e a lobisomem. Mana – Estudos de Antropologia Social 12 (1), 2006, p. 135-150.
DAWSEY, John. Por uma antropologia benjaminiana: repensando paradigmas do teatro dramático. Mana – Estudos de Antropologia Social 15 (2), 2009, p. 349-376.
GEERTZ, Clifford. 1998. O saber local. Petrópolis: Vozes.
GEERTZ, Clifford. 1991. Negara: o estado teatro no século XIX. Lisboa: Difel.
GEERTZ, Clifford. 1978. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar Ed.
GOFFMAN, Erving. Frame analysis: an essay on the organization of experience. Boston: Northeastern University Press, 1974.
GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Rio de Janeiro: Vozes, 1985.
GROTOWSKI, Jerzy. Em busca do teatro pobre. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1987.
MAUSS, Marcel. Sociologia e antropologia. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.
SCHECHNER, Richard. Between theater and anthropology. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1985.
SCHECHNER, Richard. Performance theory. New York and London: Routledge, 1988.
SCHECHNER, Richard. Performance studies: An Introduction. London and New York: Routledge, 2002.
TAUSSIG, Michael. Cultura do terror: espaço da morte na Amazônia. Religião e Sociedade 10, Rio, nov. 1983, pp. 49-64.
TAUSSIG, Michael. Xamanismo, colonialismo e o homem selvagem. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.
TAUSSIG, Michael. Mimesis and alterity: a particular history of the senses. New York and London: Routledge, 1993.
TURNER, Victor. O processo ritual. Petrópolis: Vozes, 1974.
TURNER, Victor. From ritual to theatre: the human seriousness to play. New York: PAJ Publications, 1982.
TURNER, Victor. The anthropology of performance. New York: PAJ Publications, 1986.
TURNER, Victor. “Dewey, Dilthey, e drama: um ensaio em Antropologia da Experiência”. Cadernos de Campo ano 14 (13), 2005, p. 177-186.
TURNER, Victor. Floresta de símbolos: aspectos do ritual Ndembu. Niterói, Rio de Janeiro: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2005.
TURNER, Victor. Dramas, campos e metáforas: ação simbólica na sociedade humana. Niterói, Rio de Janeiro: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2008.
VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Perspectivismo e multinaturalismo na América indígena. In: VIVEIROS DE CASTRO, E. A inconstância da alma selvagem e outros ensaios de antropologia. São Paulo: Cosac Naify, 2002.

III. ANTROPOLOGIA E FOTOGRAFIA
1. Antropologia Visual;
2) As peculiaridades da imagem fotográfica;
3) Abordagens antropológicas da fotografia;
4) Narrativas e formas de linguagem na Antropologia;
5) Análise do uso de fotografias por antropólogos.
BIBLIOGRAFIA
Achuti, Luiz Eduardo Robinson. Fotoetnografia, um estudo de antropologia visual sobre cotidiano, lixo e trabalho. Porto Alegre: Tomo Editorial, 1997.
Alves, André e Samain, Etienne. Os argonautas do mangue precedido de Balinese character (re)visitado. Campinas: Ed. Unicamp/São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.
Andujar, Claudia. A vulnerabilidade do ser. São Paulo: Cosac & Naify, 2005.
Assouline, Pierre. Cartier-Bresson, o olhar do século. Porto Alegre: L&PM Ed., 2008.
Aumont, Jacques. A Imagem. Campinas: Papirus, 1990.
Barthes, Roland. A Câmara Clara. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.
Barthes, Roland. Le Degré Zéro de L'Écriture. Eléments de Sémiologie. Paris: Ed. du Seuil, 1964.
Barthes, Roland. O óbvio e o obtuso. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. [1982] 1990.
Bateson, Gregory e Mead, Margaret. Balinese Character - a photographic analysis. Special Publications of the New York Academy of Sciences, vol. II, 1942.
Ben-Ari, Eyal. Posing, Posture and Photographic Presences: a rite of passage in a Japanese commuter village. Man 26: 87-104.
Benjamim, Walter. A obra de arte na época de suas técnicas de reprodução. In Os Pensadores, vol. XLVIII. Ed. Abril.
Benjamin, Walter. Magia e Técnica, arte e política - ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1987.
Berger, John e Mohr, Jean. A seventh man, the story of a migrant worker in Europe. Penguin Books, 1975.
Berger, John. About Looking. New York: Vintage Books, 1991.
Berger, John. Ways of Seeing. Penguin Books, 1972.
Biren, J. Lesbian Photography-seeing through our own eyes. Studies in Visual Communication 9(2), 1983.
Bourdieu, Pierre. Um art moyen – essai sur les usages sociaux de la photographie. Paris: Les Editions de Minuit, 1965.
Caiuby Novaes, Sylvia: Corpo, Imagem e Memória. In Mammi, Lorenzo e Schwarcz, Lilia: 8 X Fotografia. Ed. Companhia das Letras. São Paulo, 2008. (pp 113-131).
Caiuby Novaes, Sylvia. Fotografia, cinema e televisão - desafios para a Antropologia no mundo contemporâneo. Cadernos de Antropologia e Imagem 23(2), 2006.
Caiuby Novaes, Sylvia. Funerais entre os Bororo – imagens da refiguração do mundo. Revista de Antropologia 49(1), 2006.
Caiuby Novaes, Sylvia. Imagem, magia e imaginação: desafios ao texto antropológico. Mana 14(2): 455-475, 2008.
Caiuby Novaes, Sylvia. Etnografia e Imagem. Tese de livre docência. Universidade de São Paulo, 2006.
Camargo, Monica Junqueira de e Mendes, Ricardo. Fotografia: cultura e fotografia paulistana no século XX. Secretaria Municipal de Cultura. São Paulo, 1992.
Collier Jr, John. Antropologia Visual: a fotografia como método de pesquisa. São Paulo: Ed. Pedagógica e Universitária/Ed. USP, 1973.
Dubois, Philippe. O Acto Fotográfico. Lisboa: Ed. Vega, 1992.
Dyer, Geoff. O instante contínuo, uma história particular da fotografia. São Paulo: Ed. Companhia das Letras, 2008.
Edwards, Elizabeth e Hart, Janice. Photographs, objects histories. Londres: Routledge, 2005.
Edwards, Elizabeth. Antropologia e fotografia. Cadernos de Antropologia e Imagem 2: 11-28, 1996.
Edwards, Elizabeth. Anthropology and Photography, 1860-1920. New Haven and London, Yale Univ. Press, 1992.
Fabris, Annateresa (Org.). Fotografia, usos e funções no século XIX. São Paulo: EDUSP, 1991.
Feldman-Bianco, Bela, e Moreira Leite, Míriam (orgs.). Desafios da Imagem: fotografia, iconografia e vídeo nas ciências sociais. Campinas: Papirus, 1998, 2005.
Fernandes Junior, Rubens. Labirinto e identidades – panorama da fotografia no Brasil [1946-98]. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.
Foucault, Michel. As Palavras e as Coisas. São Paulo: Livraria Martins Fontes Ed., 1992.
Freund, Gisèle. Fotografia e Sociedade. Lisboa: Ed. Vega, sd.
Freund, Gisèle. Mémoires de l’oeil. Paris: Seuil.
Goldberg, Vicki. The Power of Photography - how photographs changed our lives. New York: Abbeville Press Publishers, 1991.
Guimarães, C. Imagens da Memória – entre o legível e o visível. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1997.
Guran, Milton. Linguagem Fotográfica e Informação. Rio de Janeiro: Ed. Gama Filho, 2002. 3ª. Edição revista e ampliada
Ivins, W.M. Prints and Visual Communication. New York: The MIT Press/ Cambridge: A Da Capo Press, 1975.
Kossoy, Boris. Fotografia & História. São Paulo: Ateliê Editorial, 2001. 2ª. Edição revista.
Kossoy, Boris. Realidades e Ficções na Trama Fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 1999.
Küchler, S. e Melion, W. (Eds.). Images of Memory, on remembering and representation. Washington: Smithsonian Institution Press, 1991.
Leach, E. Cultura e Comunicação: A lógica pela qual os símbolos estão ligados. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.
Lima, Ivan. A fotografia é a sua linguagem. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1988.
Lins de Barros, Myriam e Strozenberg, Ilana. Álbum de Família. Rio de Janeiro: Comunicação Contemporânea, 1992.
Magni, Claudia Turra. O uso da fotografia na pesquisa sobre habitantes de rua. Horizontes Antropológicos 2, 1995.
Mami, Lorenzo; Schwarcz, Lilia M. 8 x fotografía: ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.
Marcondes de Moura, Carlos Eugênio. Retratos quase inocentes. São Paulo: Nobel, 1983.
Maresca, S. La photographie, un miroir des sciences sociales. Paris: L’Harmattan, 1996.
Maresca, Sylvain. Refletir as Ciências Sociais no espelho da fotografia. Pluralismo, espaço social e pesquisa. São Paulo: ed. Hucitec, 1995.
Martins, José de Souza. Sociologia da fotografia e da imagem. São Paulo: Contexto, 2008.
Moreira Leite, Miriam. Retratos de família. São Paulo: EDUSP/FAPESP, 1993.
Pinney, Christopher. A História paralela da antropologia e da fotografia. Cadernos de Antropologia e Imagem 2,1996.
Polsa, Robert. Dating old photographs. Berkshire: Countryside Books, 1993.
Porto Alegre, Maria Sylvia: Imagem e representação do índio no século XIX. In Grupioni (Org.) Índios no Brasil. SP, SMC de SP, 1992.
Rouillé, André: A fotografia: entre documento e arte contemporânea. São Paulo: Editora SENAC, 2009. (original publicado pela Gallimard em 2005; tradução de Constancia Egrejas).
Samain, E (org.). O Fotográfico. São Paulo: HUCITEC e Ed. SENAC, [1998] 2005.
Samain, Etienne. “Ver” e “dizer” na tradição etnográfica: Bronislaw Malinowski e a fotografia”. Horizontes antropológicos 2, 1995.
Scherer, Joanna. Documento fotográfico: fotografias como dado primário na pesquisa antropológica. Cadernos de Antropologia e Imagem 3, 1995.
Sontag, Susan. Diante da dor dos outros. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.
Sontag, Susan. Ensaios sobre Fotografia. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1986.
Tacca, Fernando de. A Imagética da Comissão Rondon. Campinas: Papirus, 2001.
Taussig, Michael. Mimesis and Alterity – a political history of the senses. London: Routledge, 1993.
Turazzi, Maria Inez. Marc Ferrez. São Paulo: Cosac & Naify, 2000.
Van Lier, Henri. Histoire photographique de la photographie. Les Cahiers de la Photographie. 1992.

IV) ANTROPOLOGIA E CINEMA
I) Introdução à Antropologia Visual
II) Abordagens antropológicas do cinema
III) O filme etnográfico e a pesquisa antropológica
IV) Estudos de caso: análises fílmicas a partir da antropologia
V) Estudos de caso: filmes etnográficos
BIBLIOGRAFIA
Bairon, Sérgio & Ribeiro, José da Silva (orgs.). Antropologia visual e hipermedia. Porto, Edições Afrontamento, 2007.
Banks, Marcus & Morphy, Howard (orgs.). Rethinking visual anthropology. New Haven e Londres, Yale University Press, 1999.
Barbosa, Andréa & Cunha, Edgar Teodoro. Antropologia e Imagem. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 2006.
Barbosa, Caiuby Novaes, Cunha, Ferrari, Hikiji & Sztutman (orgs.) Escrituras da imagem. São Paulo: Edusp/Fapesp, 2004 pp 49-62.
Barbosa, Cunha & Hikiji (orgs.). Imagem-conhecimento: Antropologia, cinema e outros diálogos. Campinas, Papirus, 2009.
Caiuby Novaes, Sylvia. Etnografia e imagem. Tese de Livre-Docência. USP, Departamento de Antropologia, 2006.
Canevacci, Massimo. Antropologia do cinema. São Paulo, Brasiliense, 1990a.
Canevacci, Massimo. Antropologia da comunicação visual. São Paulo, Brasiliense, 1990b.
Da-Rin, Silvio. Espelho Partido. Tradição e transformação do documentário. RJ: Editora Azouge, 2004.
Gonçalves, Marco Antonio. O real imaginado – Etnografia, cinema e surrealismo em Jean Rouch. Rio de Janeiro, Topbooks, 2008.
Grimshaw, Anna. The Ethnographer’s eye. Cambridge, Cambridge University Press, 2001.
Heider, Karl. “Uma história do filme etnográfico”. In Cadernos de Antropologia e Imagem no. 1. Rio de Janeiro, UERJ, 1995, pp 31-54.
Hikiji, Rose Satiko. “Antropólogos vão ao cinema - observações sobre a constituição do filme como campo”. In Cadernos de Campo v.7. São Paulo, USP, p.91 - 113, 1998.
Hockings, Paul (Ed.): Principles of visual anthropology. Nova Iorque, Mouton, 1995 [1974].
MacDougall, David. “De quem é essa estória?”. In Cadernos de Antropologia e Imagem, v. 5, no. 2., Rio de Janeiro, UERJ, 1997, pp 93-106.
MacDougall, David. The corporeal Image. Princeton, Princeton University Press, 2006.
MacDougall, David. Transcultural cinema. Princeton: Princeton University Press, 1998.
Morin, Edgar. O cinema ou o homem imaginário. Lisboa, Relógio dÁgua Editora, 1997.
Nichols, Bill. Introdução ao documentário. Campinas, Papirus, 2005.
Piault, Marc Henri. Anthopologie et cinema. Paris: Nathan, 2000
Piault, Marc Henri. “A antropologia e sua passagem à imagem”. In Cadernos de Antropologia e Imagem no. 1. Rio de Janeiro, UERJ, 1995, pp 23- 30.
Ribeiro, José da Silva. Antropologia visual – da minúcia do olhar ao olhar distanciado. Porto, Edições Afrontamento, 2007.
Salles, João Moreira. “A dificuldade do documentário”. In Martins, Eckert & Caiuby Novaes (orgs.). O imaginário e o poético nas Ciências Sociais. Bauru, Edusc, 2005.
 

Clique para consultar os requisitos para FLA0372

Clique para consultar o oferecimento para FLA0372

Créditos | Fale conosco
© 1999 - 2017 - Superintendência de Tecnologia da Informação/USP